Terapia de Casal

A terapia de casal ajuda os casais a identificar padrões de comportamentos que causam sofrimento e a encontrarem alternativas para um relacionamento mais saudável e satisfeito. A terapeuta não faz de juíza nem de árbitro, mas é um guia na busca das necessidades e desejos que se escondem atrás das queixas, das acusações e dos silêncios. Decorre frequentemente em coterapia (com 2 terapeutas em sessão) e é recomendada para problemáticas de cariz relacional (conflito, insatisfação, problemas de comunicação, infidelidade, questões de desejo e sexualidade, dificuldades de adaptação ao papel de pais, gestão da vida familiar, desequilíbrio nos papéis de género, relações abertas, poliamorosas ou monogamish) mas também para problemáticas aparentemente individuais como a depressão, ansiedade e dificuldade de adaptação ou de transição. Os casais esperam em média 6 a 7 anos em sofrimentos até pedirem ajuda… não espere mais.

Psicoterapia individual

A psicoterapia e o acompanhamento psicológico individual ajudam o cliente a gerir as suas emoções de forma mais adequada (ex: ansiedade, tristeza, angústia), a lidar com experiências dolorosas (ex: luto, depressão, stress pós traumático), a refletir sobre questões de identidade, significado e pertença, a atingir objetivos pessoais, a gerir as suas relações, a fazer escolhas saudáveis, a identificar e modificar padrões de comportamento que causam sofrimento. A  psicologia clínica sistémica encara cada problemática como o resultado de uma relação complexa entre fatores individuais (ex: personalidade, temperamento, percurso pessoal, identidade) e relacionais (ex: relação com pais, parceiros e familiares, transições e migrações, experiência de estigma, abuso e violência).

Terapia Familiar

A terapia familiar é especialmente indicada para dificuldades relacionadas com o conflito e/ou tensão nas relações familiares ou com situações que provocam sofrimento a um ou mais membros da família. Embora a queixa possa ser aparentemente individual (ex: ‘hiperactividade’ do filho, depressão de um dos parceires) a intervenção pode ser mais eficaz se for feita em família. O foco na terapia familiar é dirigido à comunicação e interação entre os membros da família, mas também aos sentimentos  individuais. A terapia familiar é uma abordagem clínica cuja eficácia tem sido amplamente apoiada por estudos científicos.

Ficou Interessade?

Utilize o formulário em baixo e faça um pedido de marcação.
Prometo responder com a maior brevidade possível.

Obrigado pela vossa mensagem.
Ocorreu um erro, tente novamente mais tarde pff.