Início » Posts tagged 'Investigação em Psicologia'

Tag Archives: Investigação em Psicologia

Workshop de Métodos Qualitativos e Nvivo

Desde 2013 que tenho vindo a desenvolver na  Casa estrela-do-mar várias formações em métodos qualitativos, especialmente focadas na análise de dados qualitativos (análise temática e grounded theory, entre outras)

Nesta primavera de 2015,  irei dinamizar 4 Workshops curtos com várias opções em termos de datas e de nível (inicial e/ou intermédio). Estes workshops destinam-se dotar os formandos de competências de análise qualitativa de dados com o NVivo no menor tempo possível e requerem elevada autonomia por parte dos formandos.

Datas disponíveis (7 de Março, 4 de Abril, 16 de Maio, 6 de Junho)

Módulo 1 (10-13h)

Precisa de utilizar metodologias qualitativas de análise de dados e não sabe por onde começar?Quer saber a diferença entre análise temática, análise narrativa e grounded theory? Gostava de perceber que tipo de estratégia de análise se adequa aos seus objectivos? E aprender o funcionamento básico do NVIVO, um dos programas mais utilizados na análise qualitativa?

Conteúdos:
Introdução às qualitativas
Tipos de análise qualitativa
O processo de codificação
Análise de dados com NVivo 10

Módulo 2 (14.30-18h)

Já está a avançar com alguma codificação mas quer aprofundar mais a análise? Já codificou os seus dados mas não sabe para onde se virar a seguir?  Está soterrado/a em codificações que lhe parecem pouco úteis? Não sabe por onde começar a escrever a tese ou o artigo? O segundo módulo é para si.

Conteúdos:

Pesquisa avançada no NVivo (Consultas e Classificações)
Gestão de dados
Qualidade em qualitativas
Como escrever artigos qualitativos
Supervisão de projectos dos formandos

Nota: O mesmo workshop será repetido em todas as datas, não são workshops diferentes.

Valor:

Formação completa: Valor de 85 euros (68 euros para sócios da Casa estrela-do-mar)
Um Módulo: Valor de 45 euros (36euros para sócios da Casa estrela-do-mar)

Torne-se sócio!

Destinatários

Pensada para estudantes, investigadores e interessados em análise qualitativa.

posterfinal

Inscrições

Pode proceder à sua inscrição através deste link, onde terá oportunidade de escolher as datas que prefere o o nível mais adequado. Caso tenha alguma dúvida ou necessite de mais informações, por favor contacte-nos através do  email geral@casaestreladomar.pt ou do telefone 913301540.

NIB Associação Casa Estrela do Mar:

0035 0202 00037830 530 65

Banco Caixa Geral de Depósitos

Formadora:  20141209_173408bLuana Cunha Ferreira é Psicóloga clínica, Doutorada em Psicologia da Família (FPUL-FPCEUC) e desenvolve investigação sobretudo qualitativa sobre intimidade e desejo dos casais portugueses. É consultora de métodos qualitativos, frequentemente convidada como docente ou consultora nesta área em diversas instituições(Faculdade de Psicologia da Universidade de LIsboa; ISPA – Instituto Universitário; ISCTE; IEUL). Está associada ao Centro de Investigação da Faculdade de Psicologia UL e é Membro efectivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Grupos pequenos = Atenção personalizada = Inscrições limitadas!

Local da Formação: Associação Casa estrela-do-mar, Estrada Poço do chão, 7, loja A, 1500 492 Lisboa

Anúncios

Como fazer votos de casamentos mais práticos?

Estamos em plena época de casamentos e de celebrações de união, e apesar dos votos personalizados em Portugal não serem ainda tão comuns como noutros locais,  cada vez mais os casais escolhem personalizar as suas cerimónias e rituais. Os votos mais tradicionais exaltam os casais a prometer amor, respeito e fidelidade, na saúde e na doença. Nada contra, se é isso que o casamento ou união significa para si. No entanto, o casamento/união hoje em dia parece incluir mais algumas expectativas. Se antigamente era preciso uma aldeia inteira para nos fazer felizes e hoje depositamos toda a expectativa de felicidade num parceiro, será que votos de amor, respeito e fidelidade são os que mais nos ajudam a manter uma relação complexa, satisfeita e duradoura?  Existem cada vez mais estudos sobre o que é que de facto parece manter os casais juntos e satisfeitos durante muitos anos, porque não dar-lhes algum uso prático?

Eis 5 votos originais, românticos q.b. e baseados na investigação recente.

Image courtesy of imagerymajestic / FreeDigitalPhotos.net

Image courtesy of imagerymajestic / FreeDigitalPhotos.net

Prometo apoiar e proteger a tua liberdade. A nossa vida será entrelaçada, mas as tuas escolhas continuarão tuas.

Já se começa a tornar evidente  que é essencial manter a autonomia nas relações amorosas de longo prazo, tal como indicam estudos recentes. A investigação indica ainda que as pessoas que se sentem pressionadas pelos parceiros para tomar certas decisões sentem-se menos satisfeitas na relação. Promovam a independência a autonomia dentro da relação.

Prometo respeitar-te, admirar-te e valorizar-te por quem és agora e pela pessoa que te desejas tornar.

Lutar para ver o melhor no outro e apoiar os esforços do parceiro para se desenvolver e crescer é altamente benéfico para si, para o outro e para a relação.

Prometo mostrar-te, cada dia, que sei perfeitamente o quão sortudo/a sou por te ter na minha vida.

A investigação mostra que quando expressamos gratidão e apreço  pelos nossos parceiros/as, estes tendem a sentir-se mais felizes e mais apreciativos para com a relação.

Prometo manter a nossa vida excitante, aventureira e cheia de momentos de paixão.

Os casais mostram-se mais felizes quando participam regularmente em actividades partilhadas que sejam positivas, criativas e com alguma dose de novidade.

Estas são apenas algumas ideias baseadas na ciência, e poderá encontrar mais inspiração aqui ou aqui. Mas, idealmente, os votos são também inspirados nas experiências pessoais do casal. Tente lembrar-se, por exemplo, de momentos específicos em que  se sentiu mais feliz em casal? O que terá contribuído para essa experiência em particular?  Um jantar íntimo em que conversaram de uma forma profunda e autêntica? Uma saída de fim de semana carregada de aventura e erotismo? Uma surpreendente e inesperada demonstração de carinho e apoio?

 Inclua nos seus votos a intenção de manter os rituais que vos fazem felizes ao longo da relação!

 

baseado em : Joel, S (Junho, 2014). Love, Factually. Psychology Today.

Análise temática no Qualitativas , etc.

Na investigação em Psicologia, quais as diferenças e as semelhanças entre tipos de análise de dados qualitativos?

Quando utilizo grounded theory estou à procura de temas emergentes…logo estou a fazer análise temática?  É mais simples fazer análise temática ou análise narrativa? Análise de conteúdo é a mesma coisa que análise temática?

O Qualitativas, etc. inicia hoje uma série de artigos que tentam responder a algumas destas questões, começando pela Análise Temática – o método mais “faça-você-mesmo” da analise qualitativa.

O que é a análise temática?

Como se faz análise temática?

Quais os critérios de qualidade?

Veja mais no Qualitativas, etc.

por Luis Alves http:\\urban-myth.tumblr.com

por Luis Alves
http:\\urban-myth.tumblr.com

%d bloggers like this: